Sobre a Madeira

A Região Autónoma da Madeira constitui uma das regiões autónomas de Portugal, correspondendo territorialmente ao arquipélago da Madeira sendo o seu vizinho marítimo mais próximo o arquipélago espanhol das Canárias, situado ao largo de Marrocos, na África. A Região é dotada de autonomia política e administrativa através do Estatuto Político Administrativo da Região Autónoma da Madeira, previsto na Constituição da República Portuguesa. A Região Autónoma da Madeira faz parte integral da União Europeia com o estatuto de região ultraperiférica do território da União, conforme estabelecido no artigo 299º-2 do Tratado da União Europeia.

Uma das teorias dos historiadores é de que as ilhas da Madeira e Porto Santo foram descobertas primeiro pelos Romanos e que ficaram conhecidas como as “Ilhas de púrpura”, mas é um assunto relativamente debatido entre os historiadores e não se encontrou um consenso, dado poder referir-se a outras ilhas mais a sul. Mais tarde o arquipélago foi então redescoberto pelos portugueses, nomeadamente Tristão Vaz Teixeira e João Gonçalves Zarco em 1419, que apelidou a ilha com o nome Madeira devido à abundância desta matéria-prima. Primeiro, foi descoberta a ilha do Porto Santo (1418), por João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira; depois, a ilha da Madeira (1419), com Bartolomeu Perestrelo, que acompanhava de novo João Gonçalves Zarco.

A Madeira é a segunda região mais rica de Portugal, com um PIB per capita de 103% (acima da média Europeia) . É um arquipélago bastante turístico durante todo o ano, devido ao seu clima com temperaturas amenas tanto no Inverno como no Verão e também famoso pelo seu espectacular fogo-de-artifício no Ano Novo, classificado como o maior espectáculo pirotécnico do mundo na passagem de ano de 2006 para 2007, assim como pelo seu vinho licoroso característico conhecido mundialmente Vinho da Madeira, pelas suas flores e pelas suas paisagens com montanhas abruptas, vales verdejantes e floridos, o panorama do mar e das escarpas do litoral e pelas suas praias de areia dourada da ilha do Porto Santo.

Demografia

Apesar de possuir uma densidade populacional (cerca de 300 hab./km²) superior à média do país e mesmo da UE, 75% da população da ilha da Madeira habita em apenas 35% do território, sobretudo na costa sul, onde se encontra a cidade do Funchal, capital da Região Autónoma da Madeira, que concentra 45% da população (130 000 habitantes), com uma densidade populacional de 1 500 hab./km². É também nesta zona que se localiza a maior parte das unidades hoteleiras.

Segundo dados do SEF, a Região Autónoma da Madeira tinha, em finais de 2009, 7.105 estrangeiros, naturais por ordem decrescente de maior número de contingente, respectivamente, do Brasil (1.300), Reino Unido (912), Venezuela (732) e Ucrânia (682).

A população do arquipélago da Madeira é tradicionalmente seguidora do catolicismo romano, embora, hoje em dia essa identificação tenda a ser, em parte, nominal.

Economia

Se a agricultura tem visto um ressurgimento em anos recentes e a indústria, até aqui para consumo essencialmente interno, se tem vindo a diversificar e a crescer para mercados externos (fruto, também, da actividade industrial desenvolvida no CINM), a economia da Madeira continua a ser fortemente dependente do Turismo.

O Fim-do-Ano é o maior cartaz turístico da região, com uma ocupação hoteleira que ronda 90%-95%, tangenciando os 100% em muitas unidades, e animado pelo Maior Espectáculo Pirotécnico do Mundo, segundo o Guiness Book of Records.

Mas há muitos outros aspectos convidativos à entrada de turistas nesta região. O clima, a possibilidade de conjugar actividades marítimas e de montanha, a possibilidade de realizar um enorme leque de actividades desportivas e a observação da Natureza.

Source: Wikipedia

Funchal, Capital da Madeira

O Funchal é a maior cidade da ilha e a capital do Arquipélago da Madeira há mais de 500 anos. A cidade conta com uma população de cerca de 112 mil habitantes.

Geografia

A cidade do Funchal encontra-se situada à beira-mar numa espécie de anfiteatro natural formado pela baía, pelas montanhas a norte e leste e por picos vulcânicos a oeste, o que faz com que a zona urbanizada da cidade se estenda desde o nível do mar até à cota dos 800 metros sendo que as montanhas a norte chegam a atingir os cerca de 1800 metros de altitude nos pontos mais altos da cordilheira central da ilha.

Clima

O Funchal apresenta um clima mediterrânico com temperaturas amenas durante todo o ano, sendo a média anual de 19,6 ºC. Ao contrário de outras localidades da costa sul da Madeira como a Ponta do Sol, Paul do Mar ou Jardim do Mar, as temperaturas médias nos meses mais frios situam-se cerca de 1°C a baixo de uma classificação de clima tropical com estação seca. Podem ser diferenciadas duas estações distintas, embora sem grandes variações térmicas entre ambas: a primeira de outubro a março com precipitação regular e temperaturas médias máximas que oscilam entre os 25 °C em outubro e os 20 °C em janeiro e fevereiro; a segunda de abril a setembro, com níveis baixos de precipitação e temperaturas médias máximas que oscilam entre os 21 °C em abril e os 26 °C em agosto e setembro.

O nível de humidade mantém-se constante em torno dos 70%, o que se traduz numa perceção de calor mais acentuada relativamente às temperaturas efetivas. A precipitação total durante a época chuvosa varia muito de ano para ano. A temperatura da água do mar oscila entre os 18 °C e os 19 °C em fevereiro e entre os 24 °C e os 26 °C em agosto e setembro.

Visto a cidade se encontrar numa espécie de anfiteatro com o mar de um lado e montanhas do outro (ascendendo a 1800 metros de altitude) é bastante comum registar-se nebulosidade, chuva e vento nas cotas mais altas e ao mesmo tempo céu mais limpo nas áreas junto à costa.

Fonte: Wikipedia